BRANCOPESCA BLOGUE

Boas,desde já a todos,este será um blogue dedicado,a todos os amantes da pesca,do mar e de tudo o que ele têm,para nos oferecer em particular o bons momentos,que de uma forma ou outra todos nós, amantes deste hooby,ja passámos,passamos, e se Deus quiser passaremos,fazer uma partilha dos mesmos,de nós para todos voçês,e de voçês para nós,partilhar experiênçias,conheçimentos,truques gerais e tradiçionais,e açima de tudo,desfrutar de uns bons momentos,cumps e um abraço para todos.

terça-feira, 31 de julho de 2012

Pescaria total "corvinota no seixal".....

Boas pessoal conforme prometido fica aqui então para registo o total da pescaria,como peixe continua a colaborar e o caranguejo tem sido rei ,numa fase em que os robalos estão muito esquisitos em que tão depressa querem amostras de uma cor como tão depressa de outra ,como logo a seguir já não querem aquele tamanho,ou mais pequenas ou maiores torna se um autêntico sacrifiçio.....................


                                            a bicharoca do video.......


......................e uma grande perda de  tempo até descobrirmos o que querem o que muitas das vezes faz com que quando acertamos já é tarde ou o peixe já está a acabar de passar e no pior dos casos acabamos por nem apanhar robalos e perder um boa fase da pesca aos outros portanto não temos inventado muito,a pesca tem sido praticamente toda dirigida ao fundo e limitamo nos a corricar com o barco parado,uma vez que os resultados tem sido bastante bons e se há coisa que eu não gosto é de inventar,ainda por cima com as douradas a comecarem a dar os primeiros bons sinais mais vale jogar pela certa.....................


                               total do dia............


..................curiosamente hoje não deram sinal,mas eu sei pela experiência que tenho de pesca aqui que elas tão mesmo mesmo........grande abraço a todos e se der grandes pescarias!!

segunda-feira, 30 de julho de 2012

Corvinota no seixal!!!!(video)

Mais um video de uma corvinota aqui no rio,felizmente o peixe tem colaborado,depois virá o relato da pescaria que foi muito boa quer em em qualidade quer em quantidade!!!!!!

sábado, 28 de julho de 2012

O 1º tarolo do verão....e mais alguns.

Depois de uma semana que foi muita rica em capturas quer pela quantidade quer pela qualidade,o jorge infelizmente não me tinha podido acompanhar,mas tinha ficado combinado,para hoje irmos então os dois,6 horas encontrámos nos então junto ao branco para irmos fazer a enchente que ia ser como diz um velho amigo,na "boca da noite" material a bordo e como já vem sendo hábito,as primeiras tentativas iriam ser com as amostras,e logo no primeiro lance o jorge ferra este magnifico cabeçudo que iria acusar ser o 1º do verão a bater os dois kg...................



...................mal tira este amostra dentro de agua e bumba mais outro,mete novamente a amostra e mais uma corvina ,por esta altura tava 3-0 a favor do jorge ainda demos mais umas voltas mas nem eu nem ele voltá mos a sentir peixe resolvê mos então fundear para investirmos no caranguejo,que tanto sucesso tem tido nas ultimas investidas,e assim se repetiu novamente,rapidamente começámos a sentir os primeiros toques e a ferrar o primeiros peixes felizmente tem havido de tudo um pouco,robalos,corvinas sargos e as primeiras douradas de jeito também já começaram a aparecer,normalmente quando começam assim tão a dar o 1º aviso que mais dia menos dia entram em força e esperemos que assim o seja.................................



.......................desta vez calhou ao jorge o prazer das fotos para mais tarde recordar e pela captura do robalo e de mais alguns dos exemplares merece,por outro lado o peixe tem estado a comer mal mesmo muito mal a não ser os robalo com as amostras,todo o peixe que é tirado com isco tem de ser com a cana na mão e mesmo assim falha se inumeras ferragens,acabámos por ter uma exelente jornada de pesca,mas mesmo assim com  seis perdas três para cada um para ninguém se ficar a rir....................



.................... fica então aqui o registo do total da investida com as fotos tiradas aqui na peixaria do meu amigo carlos estes foram direitos para a vitrine mais frescos não podiam ser duas das douradas ainda mexiam,ficou então marcada uma próxima jornada para sexta feira,esperemos que seja tão boa como esta,até lá um grande abraço para todos voçês.

sexta-feira, 27 de julho de 2012

Corvina com caranguejo...(video)

Mais um video das capturas aqui no rio uma corvinota com caranguejo,o relato da pescaria fica para depois,onde já saiu o primeiro cabeçudo de valor com 2kg,eles já começam a crescer!!!!


........um grande abraço,e grandes pescarias.

quarta-feira, 25 de julho de 2012

Uma sacada mista....de muito qualidade.

Depois do dia de ontem que foi para esquecer,o vento ateima em começar de norte e a medida que a agua começa a encher,vai virando virando acabando no final do dia quase a sul,o que é estranho,e acima de tudo um autêntica ruina para a pesca,que se pode fazer aqui pois o vento nesta posição acaba por ficar exactamente no sentido oposto da entrada da agua o que faz com que isto aqui dentro pareça quase as berlengas,já ontem tive que abandonar a pesca depois de trolar um pouco em que fiz 6 capturas com 4 libertações,e mesmo assim os 2 que trouxe foram mesmo apele hoje estava decidido a fazer a minha pesca,mas como o viçio do plástico já começa a estar entranhado nos ossos não resiti e lá dei umas voltas com as amostras,resultado 2 mocadas,uma ferragem,depois começou o temporal e pensei..
-Bem vou fazer o que pensei a minha pesca descansadinho,com os meus caranguejos,que o material tem que andar ai....



E assim o fiz fundeei o barco num sitio porreiro,e em como todas as modalidade de pesca esperar e insistir,dois factores muito importantes,peixe miudo nem vê lo,aspecto positivo,o outro aspecto o negativo,o vento cada vez mais forte,e eu já começava a pensar em dar o mesmo rumo do que ontem,mas não hoje ia resistir mesmo até a ultima,e bem dita a hora que o fiz foi já mesmo colado a praia mar com o vento a começar a cair que começou o festival,uma dourada primeiro mais outra mais uma corvina,robalos...........



..............mais corvina mais robalos mais dourada durante ali uns 40 minutos era sempre cana dobrada......................



..........................realmente,ainda no outro dia falava com o meu amigo miguel,pode se chegar a qualque um dos nosso pesqueiros de eleição,começar a pesca e até se apanhar logo material...................



.................mas em todos os pesqueiros que conheço e nas varias modalidades que pratico o grosso da pesca mesmo nos melhores dias,resume se sempre no máximo entre 1 hora a hora e meia,também se fossem 5 ou 6 horas sempre nisto!!!!!bem é melhor nem pensar nisso,abraço a todos e grandes pescas.

terça-feira, 24 de julho de 2012

Robalos e dourada com caranguejo!!!(e a "estrela" da minha filhota)

Bem,com o vento a dar algum descanso de norte a sul do pais e com uns dias bem porreiros tanto para a pesca como para a praia,este fim de semana no sorteio calhou praia,com  a familia também sabe bem,um dia bem passado,e de descanso que também faz falta,e a "maria" também agradece,nesta nossa deslocação,a minha filhota mais nova viu pela primeira vez uma estrela do mar nunca tinha visto nenhuma ao vivo,e ela tal como eu adora tudo o que é bicharada,qual não é o meu espanto e do pessoal todo quando chegou ao pé de nós com isto......
....quando era pequeno ia muito para sines e ai lembro me de serem as carradas,a minha pequena quando chegou ao pé de mim disse logo....
-Pai olha o que eu achei,tira já uma foto para mostrares ao teu amigos do blogue!!!!e enquanto não me viu colocar aqui a foto não me deu descanso,já esta,já esta,já esta,e não parou enquanto não a viu aqui!!!!!
 São assim as crianças,inocentes mas verdadeiras fica então aqui a foto da bichinha....



Como então no fim de semana não deu,ontem ao final do dia fui fazer uma pequena investida,e com os robalos já a darem,sinais pensei....hoje não vou para o plástico,vai ser só a antiga isco para cima,caranguejo com fartura e vamos a eles, e bendita a hora que assim foi,eles tavam lá e o naype começa a subir,já começam a ser mais frequentes o kileiros.....................



o que é muito bom sinal,foi uma pescaria quase de fugida duas horinhas e chega,na vinda ainda montei umas amostras,só por curiosidade,mas nada,mas a pescaria também estava mais do que feita,quer me parecer que este ano estão a entrar mais cedo,pelo menos deram sinal disso,e isso é o que interessa,é realmente o toque de peixe que mais prazer me dá ver seja nesta pesca na praia ou a boia é realmente inconfundivel o toque dos robalos.............



........................ uns dias de praia,outros de pesca,não sei porquê,mas acho que me conseguia habituar,a uma vida assim,e voçês?????Grande abraço a todos e boas praias,e pescas claro.

domingo, 22 de julho de 2012

Um robalo com muita muita força....(video)

Um robalo que deu muita luta,parecia ter uns 3 ou 4kg ainda por cima contra a corrente,ao chegar ao barco percebemos porquê,vinha pelo rabo,de principio quando o vi pela 1ª vez parecia um peixe com um saco agarrado derivado ao lombo tâo preto,bem não interessa como,desde que venham.....



...........um grande abraço a todos e grandes pescarias!!!

sexta-feira, 20 de julho de 2012

Caranguejo mole Parte 3(formas de iscar os moles)

Boas pessoal conforme prometido,vamos então tentar descrever aqui as formas de iscar o caranguejo neste caso os moles,as vezes pode fazer toda a diferença entre uma daquelas pescarias para recordar,e daquelas para safar a grade,sendo este um isco de eleição para todas as espécies existentes aqui no estuário,infelizmente também o peixe miudo se lá estiver não larga,o que realmente se pode tornar muito chato,muitos são os dias em que chego a levar para cima de 200 caranguejos e retorno sem nenhum,o que se tivessem que ser comprados seria mesmo muito muito chato.
Em primeiro lugar para que estes derreter de caranguejos não aconteça chegados ao pesqueiro,em primeiro lugar devemos perceber se a miudeza está presente e com que força,se isto acontecer pode-se,e normalmente é o que faço,cortar os caranguejos ao meio e se forem muito grandes até 4 partes,o que permite de alguma forma "esticarmos"mais o caranguejo,mas por norma quando há peixe grande no pesqueiro ou quando este entra,a miudeza desaparece,seja com douradas,sargos ou robalos e se for com corvinas,ai normalmente desaparece quase tudo,se estas já forem de porte elevado,por norma a maioria dos pescadores tem aquela tendência de querer sempre caranguejo de descascar,para mim só tem uma vantagem aguentam mais tempo no anzól,pois se o pesqueiro permitir o meu caranguejo de eleição,são os moles e não muito grandes só com 2 voltas no anzól para não ferir muito,outra das coisas que não faço,e que quase toda a gente faz,é atar o caranguejo com linha,não o faço porque para mim tira a naturalidade do isco o único ponto a favor é que aguenta mais,de resto no meu ponto de vista é só desvantagens,aliás não existe qualquer isca que eu pesque que eu a "amarre" ao anzól.
Vamos então tentar com o máximo de detalhe dar aqui uma ideia de como iscar os caranguejos no estado mole,em primeiro lugar cortado em duas partes,neste tipo de iscada devemos cortar o caranguejo,mesmo pelo meio do sentido dos olhos para a traseira,o corte deve ser feito com uma faca de serrilha pois esta permite realmente cortá lo.................


......já cortado com a faca de serrilha....



.......e ao contrário de muitas outras o que fazem é rasgá lo,agarrando na metade,a entrada do anzól deve ser feita na parte das costas para na saida apanhar a pata maior do caranguejo.....



de seguida,leva se o caranguejo até a zona de empate do anzól,quando acontece o caranguejo fica com a parte da barriga virada para o bico então de seguida espetamos o anzól na zona do abdómen,que é aquela que nos dá mais segurança na iscadela pois é a mais resistente,o anzól sai novamente nas costas,e temos a iscada pronta........



Com o caranguejo inteiro o processo é exactamente o mesmo,novamente entrada pelas costas,trás se o caranguejo até a zona de empate.......



 e de seguida entra pelo abdómen para também sair nas costas...


Esta é definitivamente para mim a forma mais mortifera de se iscar um caranguejo,imitando na perfeição o seu estado natural,mas mole sem se poder esconder ou enterrar....



Outra das formas que tenho de o iscar,e que em dias em que os sargos ou as douradas principalmente estão desconfiados o segredo reside em iscar um caranguejo inteiro,só que primeiro cortamos o caranguejo em duas partes e depois iscamos as duas metades exactamente no mesmo processo.......



......em muitas situações já me permitiu fazer capturas onde as outras formas estavam a falhar,fica então as formas de iscar os de descascar para a próxima até lá um grande abraço a todos e grandes pescarias.

quinta-feira, 19 de julho de 2012

Mais robalos com amostras..e não só.

Com os dias a aquecer e muito,nada como uma investida ao fim do dia,2 ou 3 horinhas antes de anoitecer,e chega,com a baixa mar a bater as 21h00,fomos fazer o fim da vazante,que as vezes pode ser uma surpresa com as douradas,infelizmente os "pepes rápidos"estavam presentes,e estava quase impossivel,de se pescar,mesmo antes do bater da baixa mar ainda deu para tirar,três douradas,já com agua parada,e numa fase em que é complicado de sentir os toques.............

                                            o maior 1,580kg


e já com menos de uma hora de luz,sugeri ao jorge irmos meter umas amostras na agua e assim foi,logo nas primeiras voltas sentimos toques e um peixe perdido,não estavam  fáceis,mas ali rapidamente,tirámos meia duzia de peixes,alguns devolvidos pois eram pouco maiores do que as amostras,realmente ainda me faz confusão como é que um peixe se atira a algo,que praticamente não lhe cabe na boca,entretanto já quase sem luz,deixamos de sentir os toques e nem mais um,o que de facto era estranho pois estavam bem presentes..............

                                            a sacada........


resolvemos fazer umas trocas de amostras e a 2 tentativa encontramos o que eles queriam,foram mais 6 ou 7 voltas com o numero igual em peixes,infelizmente ficou mesmo escuro,e como não se pode pescar de noite de barco,pela segunda vez seguida tivemos que abandonar a pesca com peixe no pesqueiro com um total de 13 robalos tirados e mais algumas desferragens devolvemos 6 e aproveitaram se 7.......................


                                total da festa.....


duas vezes seguidas não é nada fácil de digerir,mas por acaso quando saimos avisei logo o jorge que a possibilidade de isso acontecer seria elevada,e assim foi,mas vai se apanhando uns peixes e por isso não podemos "chorar",os dias finalmente estabilizaram e com o calor a fazer se sentir e a temperatura da agua do mar a aquecer,em alguns pontos do pais mais cinco graus,sobem agora as possibilidades de todos nós começar mos a fazer boas capturas,um grande abraço a todos e grandes pescarias.

quarta-feira, 18 de julho de 2012

18KG de material.....


Tal como eu suspeitava o material andava mesmo ai,só estava mesmo a espera que se proporcionassem as condições para começar,a actividade,baixa mar as sete da manhã,com boas previsões de vento,barco na água e vai de trollar,umas voltas aqui outras ali,e nada nem um toque por esta altura o vento ainda soprava um pouco,mas permitia correr toda a linha de agua quer dentro quer fora,o tempo ia passando e nada,maré já enchia,e continuávamos sem sentir nada nisto a cana do jorge dobra,e peso morto....



-Bolas já apanhei para ai algum saco!!!
Já a chegar ao barco,agua cada vez mais aberta,qual o nosso espanto,quando vemos que o que lá vinha,era um choco..
-Boa já temos material,para fazer umas tiras!!!
E foi mesmo a unica coisa que deu com as amostras,eram já umas 11h00 da manhã,tinhamos marcação com as "marias"para uma ida a praia e tinha ficado combinado acabarmos a pesca ao meio dia para não haver stress....
-Como é miudo vamos ali dentro fazer uns lançamentos com caranguejo?perguntei eu ao jorge..
E assim foi,fomos para dentro ferro no fundo,canas de molho,mas os "pepes rápidos"estavam fortes o isco nem tocava no fundo,7 ou 8 lançamentos,depois eis que a isca cai dentro de água fumo um cigarro,e não vejo nenhuma das canas mexer,estranho pensei recolho as canas,a isca vinha toda,de imediato,digo ao jorge.................



-Miudo põe te a pau que o material acabou de chegar,tira as canas reforça a iscada que as nossas amigas acabaram de entrar!!!!!
Sagrado minutos depois batia a primeira,a segunda,um robalo mais outro,mais uma dourada,tava mesmo cheio de material,é realmente impressionante os sinais que se podem interpretar  a partir de algumas acções ou reacções do que nos rodeia,como é óbvio já não saimos dali ao meio dia pois foi por volta dessa hora que começamos a apanhar o peixe mas promessa é promessa e ainda por cima as "marias" não é muito saudável não as cumprir e á uma da tarde levantámos ferro com muita tristeza da nossa parte foi daquelas saidas mesmo ao desprezo eu tiro uma ultima corvina o jorge uma dourada desenzolamos  os peixes encolhemos canas e vamos embora,parecia coisa de malucos,um conhecido meu que estava ali de terra a apreciar o espectáculo,que já me tinha ligado,assim que levantei ferro ligou me logo..

                                          18kg material...


-E então nuno aconteceu alguma coisa?
-Não amigo,temos é ai uns compromissos com as "marias",uma ida á praia,sabes como é!!!
-Epa mas é uma pena tavam a tirar seguidos enquanto aqui tive tavam sempre de canas dobradas!!
-Pois é amigo,mas podia ser pior fica para a próxima,fica bem!!
E assim foi o meu querido caranguejo,que até nestes ultimos dias andava "esqueçido",esqueçido como quem diz pois tem ido sempre conosco em todas as investidas,fez o que tão bem costuma fazer muitas e variadas capturas,é realmente uma isca extraordinária,um grande abraço a todos e grandes pescarias.

domingo, 15 de julho de 2012

Um mais uma....

Sábado mais uma pescaria combinada para as cinco da manhã,,levantei me mas muito sinceramente tava uma ventania do outro mundo,não ia então dar para o que realmente,eu queria que era parar um pouco com as amostras,e tentar o caranguejo,mas com o vento aquela velocidade,era impossivel,deito me mais um pouco e então por volta das sete horas ligo ao jorge,para irmos,material pronto e ai vamos nós,posso garantir uma coisa,uma hora depois de tar a andar com o barco de um lado para o outro,não sentia as mãos um frio que era algo completamente anormal para esta altura do ano passei um inverno inteiro a pesca de barco e foram raros os dias em em que isto aconteceu,quase duas horas depois de andarmos as voltas eis que levo a 1ª ripada na amostra,de principio até disse ao jorge..
-Bolas tanto tempo para ter um toque e calha logo um charroco!!!!!
O peixe vinha mesmo muito fofo,quase não batia e só mesmo a chegar ao pé do barco revelou a sua força,e pelas cabeçadas,pensei logo."é uma corvinota"....






Realmente esta amostra da yo-zuri tem se revelado uma autêntica arma multifacetada,corvinas,robalos,chocos,e charrocos,agua aberta agua tapada,não vale apena inventar,apanha de tudo,em todas as crircunstâncias,o que acaba por deitar por terra algumas teorias do plástico,mas enfim isto será um tema para abordar mais lá para a frente pois o meu tempo de pesca com plástico ainda é muito curto ao pé dos verdadeiros spinners que aos anos que pescam desta forma eu só para breve irei fazer 6 meses desta modalidade por isso ainda não me sinto muito a vontade para,desbravar este assunto,mais umas voltas e o jorge acaba por mudar para a amostra em questão,e na primeira passagem com  ela leva uma daquelas mocadas,que foi zzzzzzzzzzzzzzzzzzzz,sem parar ainda andou ali a porrada por 2 ou três minutos mas infelizmente o peixe que para mim seria uma corvina,pois nesta altura não há aqui robalos com porte para fazer aquilo acabou por desferrar,ainda insistimos por mais uma hora e mais nada,derivado ao frio que se fazia sentir vi me obrigado,a dar a pesca por terminada,mas não sem antes na volta da partida ainda tirar um bom cachote......



........fotografia dos dois para mais tarde recordar,o que me chateia mesmo mesmo no meio disto é que eu tenho a certeza que o material tá aqui dentro,sei o mesmo derivado aos anos a que pesco aqui e á maneira que conheço todos os processos e fazes desta parte do rio,e tal como isso também sei que com vento aqui é para esquecer o peixe simplesmente não pega,e sobre isso nem vou adiantar mais pois tenho aqui dois ou três parceiros que neste ultimos tempos que tem estado tão fraco,com as sondas a varrerem inclusive algumas zonas que eu lhes disse vieram de lá doentes a sonda é só marcar peixe,agora ninguém pense que o peixe tá 24h00 por dia 7 dias por semana a comer,como diz um grande amigo meu e dos que conheço o melhor pescador que já vi toda a minha vida,simplesmente,NÃO HÁ ACTIVIDADE,estou farto de dar este exemplo a muita gente ver se conseguem interiorizar e assimilar esta razão de ser,pesquei muitos anos na agua doce,aliás foi onde me iniciei na pesca,e isto é muit simples de perceber....

Quando num dia vamos a uma barragem fazemos meia dúzia de peixes,nas 2 ou 3 próximas investidas levamos com grades,que aconteceu ao peixe?
-Foi para o restolho?
Não,ali não vão a lado nenhum simplesmente não estão activos,pensem nisto pois na maioria das vezes há peixes simplesmente não estão activos,não vale a pena desesperar eles simplesmente não têem todas as condicionantes ou circunstâncias que os façam estar,mas se não estão hoje podem estar amanhã e é isso que eu espero,pois fica então marcada a próxima investida para amanhã,um grande abraço a todos,e grandes pescas.

sábado, 14 de julho de 2012

Mais uma voltinha...

De longe que o dia de hoje estava pior do que o de ontem o vento fazia se sentir muito mais e a agua estava completamente castanha, mas como ontem até tinha dado uns peixes,e o jorge estava cheio de pica lá fomos dar uma pequena volta,logo na saida aqui do rio deparamo nos,com uma lancha da policia maritima,estavam numa zona lá ao canto junto ao estaleiro de volta de uns "senhores" aqui da zona que durante todo o ano largam aqui redes e aparelhos,passámos,canas de molho e umas primeiras voltas e nada,fomos mais para a parte de fora,e não se sentia nada,a primeira coisa que sentimos acabou por ser,o fundo,acabando por lá ficar uma "sardinha" sagrada,depois de ter feito o post sobre o aramanho,fiquei com ele cá em casa e esqueci me de o levar de volta para o barco,tava a começar mal,mais umas voltas e eis que o jorge ferra o primeiro.........



paro a marcha do barco enquanto ele puxava o peixe,e enquanto recupero a amostra pelo caminho ferro um também,pomos os peixes abordo e  começamos a ouvir o pessoal aos gritos no pontão....
-Eles vêem ai fujam fujam!!!!
Sinceramente não percebi a ideia nem o porquê disto nisto metemos as amostras de molho e começamos a trollar outra vez mais uns gritos do pessoal,olhamos e percebemos o "fujam,fujam",era a lancha da policia maritima que vinha ai,vieram ter conosco abordagem,pediram documentação,viram coletes e extintor,tamanho dos dois peixes tirados tudo 5 estrelas,já fui abordado meia dúzia de vezes,e só tenho a dizer bem das autoridades que o fizeram,acabei por não perceber qual a idéia do pessoal,a maior parte até me conhece,não sei o porquê daquele alarido todo,há muita malta que eu sei que nem 12euros é capaz de gastar,numa licença para terra,mas ir para o mar,com tudo o que é multas a 250 euros só de malucos é que não cumprem a lei........

 
....a única coisa que acabou por ser chata foi que tinha mos tirados ambos peixe e todo este processo,acabou por levar mais de meia hora,perdendo nós possivelmente um cardume que ali estava,demos ali mais umas voltas e nada nisto a água já enchia e fomos para dentro pois o vento fora já não permitia uma marcha para conseguirmos trollar,umas voltinhas por dentro,e na passagem por um dos nossos buracos,bumba os dois ao mesmo tempo,começamos a puxar,eu acabei por tirar o meu..........



 mas o jorge infelizmente perdeu o dele,que seria o maiorzito,já passava do kg,ainda insistimos mais umas vezes mas mais nada,resolvemos dar a jornada por terminada,fica então nova investida marcada para amanhã,para uma sexta feira 13 até acabou por não ser mau,até lá um grande abraço a todos.

sexta-feira, 13 de julho de 2012

Trolling com yo-zuri.....

Como pescador que se preze a esperança está sempre presente e contra tudo e contra todos,com este tempo que se faz sentir,saido do trabalho que até correu bem correria para aqui correria para além material no carro,uma caixa com uns caranguejos não fosse aquilo correr como eu queria,e a caminho do barco,enquanto estava a acabar de carregar material,chega um conhecido meu que tinha passado o dia lá fora,e nem um toque,nem grandes nem pequenos,mas como a minha ideia era trollar um pouco,encho me de coragem e lá vou eu,batia então o baixa mar,nisto a chegar ao local liga me um amigo que estava no pontão....
-E então nuno vens a procura do quê não tá ai nada o pessoal passou aqui o dia todo e nada só 2 ou três amostras de rabetas!!!1
-Vou corricar um bocado enquanto o vento não levanta mais ver se engano um cabeçudo....digo eu.
-Es maluco robalos né nem vê los mas tu é que sabes!!!
Não custa nada tentar e em casa não saem de certeza,amostras na água,sardinha e cavala da yo-zuri,e vamos á luta,voltas para cá voltas para lá a agua estava a começar a encher,e muito sinceramente já estava mesmo a pensar no plano B,montar as canas ao fundo e ver se enganava uma dourada,mais uma ou duas voltas e dedico me ao fundo,nisto passado quase duas horas a derreter gasolina levo a 1ª mocada,volto rapidamente para trás,para passar novamente no sitio,uma passagem duas e bumba o 1º cá fora....


......grade já tá safa,sabem como é esperança renovada, e vamos lá a mais umas voltas,mais umas passagens,e levo mais um toque,mais una ou duas e o 2º cá fora tavam a dar sempre o toque no mesmo sitio,mas como infelizmente eu estava a espera o vento começa a ganhar força e vi me obrigado a vir para dentro,mas como por norma o peixe ali é mais ou menos naquela fase que começa a dar não desanimei,e á terceira voltinha levo uma daquelas mocadas que é zzzzzzzzzzzzzzz,mas já foi,fiquei com a sensação que tinha sido corvina,mas sem desanimar,mais umas voltinhas e aproveitando para ver as vistas que são sempre fabulosas a esta hora......




.....são ou não são,mais que não seja por estes momentos vale sempre a pena vir,enquanto tiro as fotos mais um,mais uma passagem mais outro mas que infelizmente,mesmo a chegar ao barco vai embora,entretanto os meus "amigos" da amêijoa chegam,e lá vão eles ao mergulho,exactamente na zona onde estava a fazer as passagens,resolvo dar a pesca por terminada mais não fosse por haver boas possibilidades de apanhar um grande tubarão,ainda na ultima volta houve tempo para levar mais uma mocada e tirar o o 4º peixe mesmo assim já não foi mau o vento também já estava tão forte que nem cá dentro se estava bem,dei então assim a jornada por terminada,pelo menos foi um bom sinal vamos ver o que nos reserva o fim de semana...


.........até lá um grande abraço a todos.

quarta-feira, 11 de julho de 2012

Investida de terra..as enguias!!!

Boas pessoal,com este vento que sinceramente já chateia e eu que sou realmente condescendente com estas situações pois embora não nos dê jeito para pescar,faz falta para vários processos da mãe natureza,mas até a mim que tenho sempre estas variantes em consideração,já me começa a deixar fora do sério......sem poder   fazer umas pescarias a bordo do meu amigo "branco",lá resolvi ir fazer uns lançamentos de terra,pois já tinha  aqui uma carga de caranguejo,que já nem sabia o que fazer com ele pesqueiro escolhido praiazinha aqui em frente a policia..........



sem grandes opções pois o vento de onde está vá para onde for aqui na zona é sempre a levar com ele de frente,canas de molho e esperar,levei também comigo material de spinning mas impossivel de fazer fosse o que fosse com amostras,maré a meio da enchente por norma só a partir da 4ª hora é que as enguias começam a bater de iniçio com um palmo de agua costuma ser um bom pesqueiro para apanhar uns cachotes mas para isso era preciso que eles cá andassem,desde a uns quinze dias que tenho falado sempre com o pessoal e a conversa é sempre a mesma...
ONDE PÁRA O PEIXE!!!!!!!
-Mas como o bichinho não perdoa canas de molho e esperança que é sempre a ultima a morrer entretanto o tempo foi passando e nem toque pequeno nem  grande,entretanto o jorge liga me a dizer que lá ia ter comigo,mas não valia a pena já estava quase no praia  e nada eu disse lhe que iria levantar canas para me ir embora e ele logo com as brincadeiras das grades...
-Vais já desistir?com uma grade as costas?
Que se liche disse lhe eu daqui até ao fim dos meus dias ainda vou ter que levar muitas mais uma menos uma,nisto vou recolher a 1ª cana e sem ter dito nada trago a 1ª enguia ai na casa das 300g,bem a grade está livrada pode ser um sinal espero mais um pouco até porque as grossas batem sempre no praia mar,mais uns lançamentos,e muito muito frio e nada o desânimo regressa novamente o vento mais forte ainda,e ai decido levantar material,recolho a 1ª e quando vou tirar a segunda bumba outra agarrada mas esta boa já kileira,e penso......



-Bem duas vezes para ir embora 2 peixes,só pode ser um sinal para não desistir.
Volto a montar a 1ª cana lanço a segunda também e mais um pouco,aproveitando para tirar umas fotos do pôr do sol que é sempre um grande momento.........


....é realmente magnifico como todo este processo se desenrola todos os dias sem falhar,sem que para isso alguém ou algo tenha que carregar num botão ou correr um programa,é simplesmente extraórdinário,a forma perfeita,pelo menos para mim como a natureza gere todas estas grandiosidades que realmente são a vida,sem nunca cometer erros,ao contrário de tudo o resto que sistemáticamente falha,erra e tem que ser corrigido,tudo o que a humanidade chama de desenvolvimento,mas isto sou só eu a divagar......



mais uns lançamentos e nada entretanto também começa a desiscar desalmadamente e resolvo dar a pescaria por terminada,podia ser que calhasse mais uma mas desta vez nada,deu para livrar agrade e vai dar de certeza um bom grelhado,pois estas grossas grelhadas,são um autêntico petisco....



....mas muito sinceramente este vento já irrita,um grande abraço e para quem consegue,grandes pescarias.

terça-feira, 10 de julho de 2012

Parece fácil,mas não é!!!!!

Boas pessoal aqui a uns dias dei com este video que o jorge gravou,numa das nossas investidas,quando uns amigos nossos nos acompanharam,aqui no rio,para todos nós colocar um peixe no cesto as vezes parece fácil mas aqui os nossos parceiros de jornada depararam se com um autêntico robalo do circo,vejam as imagens que se seguem e vão perceber o porquê..........

video


......agora já cá está agora não,voçês não tão bem a ver o que nós rimos com isto,e eles sem perceberem que estavam a ser filmados,como no robalo anterior tinha acontecido algo parecido,o jorge pensou em filmar este,e acertou ainda teve mais piada do que o outro,um grande abraço ao meu amigo "Faisca" que é o mestre do chalavar,grande abraço a todos voçês e tenham cuidado,andam ai uns robalos marabalistas,agora já lá estão....e a seguir já não.

segunda-feira, 9 de julho de 2012

Caranguejo mole Parte2(fêmeas de caranguejo os dois estados acasalamento e reprodução)

Boas pessoal como combinado vou então passar a parte2,vou tentar sintetizar um pouco para que também não acabe por escrever aqui um livro.
Passemos então ao tópico,ao longo de todos os anos que tenho me dedicado a este isco directa ou indirectamente tenho acompanhado as várias fases que compõem a reprodução deste magnificos seres,os machos quando sentem que chega a altura de libertar a velha casca para crescerem procuram normalmente um refúgio debaixo de uma pedra ou um buraco,uma zona que não fiquem totalmente indefesos de todos os predadores que tanto os apreciam,mesmo os da sua própria espécie pois os caranguejos são uma espécie que pratica canibalismo,e se tiverem na fase mole são presas fáceis mesmo para caranguejos mais pequenos,aqui no rio este fenómeno começa em fevereiro/março,e dura até maio/junho,fase mais forte,como é óbvio há caranguejo a descascar todo o ano pois o seu crescimento tá dependente da troca da velha "armadura" pela nova simplesmente durante o inverno com as baixas temperaturas preferem fazê-lo dentro de agua ficando então a sua captura fora do nosso alcançe.
As fêmeas o processo é bem diferente e mais complexo pois são elas que irão transportar,o futuro da espécie,logo tem que ter outra forma de se defender,todas elas irão desde o primeiro dia em que sentem que a sua velha "armadura " está a morrer,irão então ser protegidas pelo macho que a agarrar,não é a fêmea que se entrega quando sente que chegou a altura,mas sim o macho que sente que esta está apta para o acasalamento e a agarra........................................



........................................a partir desse dia e até voltar a ter a nova casca totalmente endurecida durante um processo que para mim dura entre três a quatro semanas só irá estar liberta do macho durante cerca de duas horas,que é sensivelmente  o tempo que leva para o macho a pousar á sua frente ela sair de dentro da velha casca é um processo que leva algum tempo e este voltar a agarrá la e então nessa altura irão então passar ao acasalamento própiamente dito,em que o macho a coloca por baixo,e os orgãos genitais se uném para então se proceder a fecundação dos ovos que a fêmea transporta.........



........................quando a fêmea estiver totalmente apta a sobreviver por si,o macho irá libertá la para que esta normalmente de baixo de uma pedra liberte os milhares de ovos que transporta,durante praticamente um mês a fêmea não se alimenta,alguns dias depois começam a eclodir as pequenas larvas de caranguejo,que irão assegurar a continuidade da espécie,para alguem como eu que tem passado eternidades aqui no rio e que tem acompanhado e entendido todo este processo,é um verdadeiro privilégio,fica então pendente a Parte 3,até lá grande abraço e grandes pescas.

sábado, 7 de julho de 2012

Um desperdício...(e eu que tenho procurado tanto por elas)

Tenho eu andado a procura delas com tanto sacrificio,inventando tudo e mais alguma coisa e acabo por encontrar esta corvina aqui morta junto a uma zona onde venho ao caranguejo,mal empregadas postas......


......... é frequente ouvir se relatos de pessoal que de vez enquando as encontra encostadas as bordas de  agua enjoadas ou na sua maioria com pancadas no corpo ou na cabeça possivelmente originadas pelos barcos de transporte aqui no rio,um conhecido meu aqui a 3ou 4 anos apanhou uma junto a casa dele é um senhor que vende aqui isco(sr silva) com uma enorme pancada na cabeça mas ainda viva,acusou 27kg,esta amiga tinha perto de 1,20m andaria muito perto dos 20kg,que desperdício.......

sexta-feira, 6 de julho de 2012

Amostras presas!?Como salva-las!!!

Boas a todos queria aqui partilhar convosco um pequeno truque que me foi ensinado por um velho amigo da pesca do choco numa fase aqui a cerca de 7 ou 8 anos quando perdia horas a fio a pescar em cacilhas uma zona de muita pedra e onde era frequente o pessoal perder muitos palhaços,nessa altura não havia ainda palhaços de 1 euro,era tudo caro e eu mesmo nos dias que correm mantenho me ainda fiel a marca de palhaços que usava nessa altura yo-zuri,cada vez que lá ficava um custava mesmo,até que num certo dia vejo este senhor com um aramanho destes e cada vez que prendia tirava os todos!!!!
Recentemente adaptei isto para as amostras e tem valido a pena é algo que ocupa muito pouco espaço,e que para mim vale o peso em ouro,pelas amostras que já me safou presas nas mais diversas coisas desde pedras restos de redes,no fundo de rocha com mexilhão e muito mais.
Quantas vezes já aconteceu a muitos de nós ficarmos com aquela amostra que tanto gostamos presa na pedra as vezes mesmo ali ao pé e ela sem sair quase que dá vontade de entrar dentro de agua e ir busca la?depois tanto apertamos e damos umas chicotadas na cana que acaba por partir e lá ficam não sei quantos euros.
E ao preço que muitas delas custam,pode não ser eficaz a cem por cento pois as vezes podem ficar presas de forma a que não se consiga mesmo tirar mas na maior parte das vezes garanto vos que as trás de volta a "vida",quer seja no spinning,com palhaços ao choco,ao trolling não interessa a modalidade desde que não seja em distâncias muito grandes as possibilidades são mesmo elevadas.

Então o que vamos precisar são três coisas completamente banais e simples de arranjar em qualquer lugar:

1º-uma argola tipo porta chaves o diâmetro varia mas tem que ter sempre espaço suficiente para a amostra passar por dentro dela no caso das amostras de trolling derivado a dimensão da palheta tem que ser um pouco maiores,fica aqui o exemplo:


2º-uma guita resistente pode  ser de linha ou de nailon tipo daquelas dos pedreiros com cerca de 20 ou 30 metros não pode ter um diâmetro muito elevado para não fazer muito atrito e permitir esticar com facilidade para sentirmos com facilidade o que se passa,esta aqui é igual a que uso mas só meia dúzia de metros para fazer o aramanho:


3º-uma chumbada entre as 100 e as 150 gramas também depende um pouco da cana que estamos a usar para depois esta puder aguentar a pressão da chumbada na descida:


......vão então ser esta três banais peças que vão fazer o nosso aramanho...


......depois de termos estes três elementos reunidos vamos então em 1º lugar unir a guita a argola o nó não é especifico,tem que ser resitente para depois não se desfazer com a pressão..


de seguida passamos a ponta de sobra da guita pela argola da chumbada e unimos também a mesma...


 .....e tá pronto o aramanho,só isto e se realmente optarem por fazer um,tal como eu mais tarde vão ver que vale a pena eu pelo menos estou muito agradecido ao senhor que me deu esta dica pois tem me safado bastantes amostras,ainda agora a ultima vez que estive a trollar uma amostra da yo-zuri,que ficou presa ,foi desta forma,que a retirei do fundo a mesma que mais a frente vou usar num video para terem mais ou menos uma ideia do que acontece lá em baixo quando pomos o aramanho a funcionar.
Agora a parte prática,estamos nós a pescar e a nossa amostra prende(eu normalmente depois dela prender não forço muito se não sai fácil também já não estico mais para ela não prender mais ainda),passo seguinte desenrolamos alguns metros de guita pegamos na argola e passamo la pelo fio do carreto:



 faz de conta que estamos a meter uma chave nova no porta chaves,o passo seguinte é levantar a cana para criar mos um angulo de descida para o peso mantendo a cana numa mão sempre em tensão e na outra vamos libertando a guita até a sentirmos parar depois é um jogo de paciência baloiçamos um pouco a cana damos uns puxos na guita que ela acabará por prender,nessa altura alivia se a cana e é puxar pela guita,que quase de certeza ela sai já tive algumas vezes de abrir a fateixa ou partila,também numa ocasião parti a amostra só veio metade mas regra geral funciona,deixo vos aqui três videos com três tipos de amostras distintas é só para terem uma ideia do que acontece lá por baixo e como vão ver em muito pouco tempo aquilo arranja forma de se enrrolar a amosta numa posição em que já não sai.........

                                          amosra de trolling...
video

                                          amostra de spinning...
video

                                          palhaço.......
video

 ......como podem ver em pouco tempo ele emaranha se,dando umas puxadas ou na cana ou na guita acaba por se enrolar e isto num ângulo reduzido quanto maior o ângulo mais possibilidades e mais rapidamente conseguimos "agarrar" a nossa amostra,espero que venha a ser tão util para vocês como tem sido para mim e nos dias que correm com a vida cada vez mais complicada e dificil,toda amostra que consigamos recuperar é dinheiro em caixa pois isto tá mesmo complicado o que vale é que nas nossas pescarias e nestes espaços de partilha dá para o pessoal distrair com as pescarias de uns com as ideias de outros por tudo isto e muito mais também quero deixar um grande obrigado as todos os intervinientes destes espaços quer os visitantes ou amigos que são eles que nos dão força e motivam para aqui estarmos como a todos os blogues e bloguers(acho que é assim que se escreve)que tem ainda tempo para elaborar e construir estes espaços para todos aprenderem com todos,um grande abraço  e grandes pescarias.